MC-Bauchemie Portugal é membro da APCMC

25/06/2020

Partilhamos aqui a entrevista de João Sena, Managing Director da MC-Bauchemie Portugal à Revista Materiais de Construção da APCMC.

 

«

A MC-BAUCHEMIE MÜLLER GMBH & CO. KG É UM DOS PRINCIPAIS FABRICANTES INTERNACIO- NAIS DE PRODUTOS QUÍMICOS E TECNOLOGIAS PARA A CONSTRUÇÃO. O GRUPO DE EMPRESAS, COM SEDE EM BOTTROP (ALEMANHA), OPERA COM MAIS DE 2.500 FUNCIONÁRIOS EM MAIS DE 40 PAÍSES. FUNDADO HÁ MAIS DE 50 ANOS, É REFERÊNCIA PARA SOLUÇÕES AVANÇADAS NO TRATAMENTO DO BETÃO E NA PROTEÇÃO, MANUTENÇÃO E REPARAÇÃO DE CONSTRUÇÕES.

 

FALE-NOS DA EMPRESA E DA FORMA COMO TEM EVOLUÍDO AO LONGO DOS ANOS.

Em primeiro lugar deixe-me agradecer à APCMC o convite feito para esta entrevista e sobretudo, enaltecer todo o trabalho que a Associação tem desenvolvido ao longo destes anos (e já são alguns) em prol das empresas do sector da construção em Portugal.

A MC-Bauchemie Portugal é uma filial de uma multinacional alemã, presente em mais de 40 países espalhados um pouco por todo o mundo, que se dedica à fabricação e comercialização de produtos químicos para a construção. Em Portugal, estamos no mercado desde 2001, estando a nossa fábrica implantada em Salvaterra de Magos no distrito de Santarém.

Somos reconhecidos no mercado como uma marca de renome que produz e comercializa produtos inovadores usando o know-how da tecnologia alemã. Procu- ramos assegurar relações comerciais estáveis e duradouras tendo por base as nossas soluções.

Ao longo destes anos, a MC-Bauchemie Portugal tem conseguido conquistar uma posição de relevo no mercado português, fruto não só da qualidade dos nossos produtos mas também pela forte aposta na inovação e formação dada.

O melhor testemunho deste reconhecimento, passa pela constante vontade de fazer mais e melhor, empregando todo o nosso conhecimento e tendo por trás uma vasta equipa organizada e qualificada por segmento de mercado e áreas de negócio para responder aos problemas do dia-a-dia seja em que circunstância.

Em jeito de balanço destes anos de atividade, diria que progressivamente vamos conseguindo passar a nossa mensagem e estabelecer cada vez mais parcerias e negócios com os nossos clientes e potenciais clientes. Somos vistos como uma referência em Portugal nos nossos produtos de injeção, ou nas nossas soluções de proteção de estações de água residual ou depósitos de água potável, para não falar das argamassas de proteção e reparação de estruturas de betão.

 

O SECTOR DA CONSTRUÇÃO TEM SIDO, EM ALGUNS CASOS, CONSIDERADO CONSERVADOR. COMO VÊ ATUALMENTE A QUESTÃO DA INOVA- ÇÃO TECNOLÓGICA NESTE SECTOR?

Quando se fala de inovação, o principal objetivo é estar sempre um passo à frente dos demais e estender o desenvolvimento para além da tecnologia de ponta estabelecida.

O nosso slogan é “BE SURE BUILD SURE”, ou seja, apresentar a nossa melhor solução aos nossos clientes com o mínimo risco associado, na certeza de que irá funcionar e satisfazer a necessidade criada. Felizmente, temos conseguido ao longo destes anos, mostrar que no sector da construção, que ainda é algo conservador, só tendo claramente a certeza que os nossos produtos vão funcionar é que os mesmos vão ser preconizados e apresentados por nós. No mercado da construção não há espaço para improvisos, é preciso pensar não só no presente mas sobretudo, se a solução é eficaz para o futuro. Neste enquadramento, é onde nos sentimos confortáveis em atuar, construindo com certezas. Temos técnicos habilitados e com muita experiência no mercado que podem sempre recorrer ao gestor de produto na casa mãe que nos ajuda de imediato.

No que diz respeito à inovação tecnológica, mais de 10% dos recursos anuais da MC Bauchemie vão precisamente para a I&D. Técnicos especializados dedicam o seu tempo e recursos de ano para ano para apresentar produtos mais diferenciadores, mais ecológicos e sustentáveis.

Vejamos o caso das cinzas volantes que já escasseiam no nosso mercado fruto da paragem progressiva das centrais de carvão ou mesmo o caso da diminuição das emissões de CO2 com alternativas mais ecológicas.

O futuro no sector passa por arranjar alternativas que vão fazer cada vez mais que seja necessário cumprir com mais requisitos (sejam eles ambientais ou nor- mativos) e que estejam disponíveis em outras plataformas para além das tradicio- nais, o que levará a uma adaptação de todos os intervenientes.

 

A SUSTENTABILIDADE É UM TEMA CADA VEZ MAIS NA ORDEM DO DIA NO SECTOR DA CONS- TRUÇÃO. EXISTE POR PARTE DA EMPRESA ALGUMA ESTRATÉGIA NESTE SENTIDO?

As nossas soluções de edificação, engenharia civil estruturais, servem não só para melhorar as infraestruturas, antigas e novas, industriais, comerciais e domésticas, como também ajudam a proteger e a conservar os recursos existentes. Os nossos sistemas de produtos estão desenhados para conseguir alcançar um padrão superior de qualidade associado a intervalos entre reparações significativamente mais longos. Isto faz com que se reduza não só os custos, mas também o volume de matérias-primas e recursos necessários, trazendo em última analise, benefícios e sustentabilidade para o meio ambiente. É essa a nossa aposta para o futuro.

 

CONSIDERA QUE A CRESCENTE PREOCUPAÇÃO COM A SUSTENTABILIDADE E A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA TEM UM PESO IMPORTANTE NO APARECIMENTO DE NOVOS PRODUTOS E TECNOLOGIAS CONSTRUTIVAS? DE QUE FORMA? O QUE ESTÃO A FAZER PARA ADAPTAR OS VOS- SOS PRODUTOS ÀS EXIGÊNCIAS DA ECONOMIA CIRCULAR?

Fomos uma das primeiras empresas a implementar a regulamentação europeia dos produtos químicos REACH (Regis- tration, Evaluation, Authorisation of Chemicals). Todos os nossos produtos são previamente testados quanto à compatibilidade com o ambiente, saúde e segurança, e são avaliados de acordo com os requisitos do REACH. Posso assegurar que os nossos sistemas de produtos contribuem realmente para a proteção ambiental e conservação de recursos, tor- nando-os adequadamente sustentáveis. A incorporação de elementos inertes e reutilizáveis já está presente na composição de algumas das nossas soluções, fazendo com que possamos também nós contribuir para a política dos três R´s: Reduzir, Reutilizar e Reciclar. É um processo que está em permanente evolução dentro da nossa empresa e nos produtos que já estamos a apresentar ao mercado.

 

DENTRO DA GAMA RECENTE DE PRODUTOS QUE POSSUI, QUAL AQUELE QUE ELEGE COMO SENDO O MAIS INOVADOR TECNOLOGICAMENTE? QUAIS AS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS?

Destacaria sem dúvida o nosso produto MC-Floor TopSpeed, da nossa gama de produtos para pavimentos. É um revestimento especial de base poliuretano, de cura rápida para acabamento final ou para ser aplicado como renovação de pavimentos antigos. É pedonável após 2 horas da aplicação (mesmo com humidade relativa de 100%) e é à prova de chuva após 30 minutos. O feedback que temos tido dos nossos clientes que já o compram e o aplicam é fantástico e deixa-nos bastante otimistas para o futuro.

 

CONSIDERA QUE O PRESCRITOR (ARQUITETO, PROJETISTA, ETC.) ESTÁ MAIS SENSÍVEL AOS NOVOS MATERIAIS E SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS DIFERENTES? COMO SE DISSEMINAM OS CONHECIMENTOS NESTA ÁREA?

Acredito que sim. Mas aqui vejo as coisas dos dois lados; se por um lado cabe-nos a nós fabricante promover soluções tecnológicas mais sofisticadas, mais sustentáveis e amigas do ambiente, também os prescritores nos devem incentivar a desenvolver produtos com estas características. Por vezes não é fácil inverter uma prescrição/adjudicação que é feita quase de forma automática, sem olhar às características do produto mesmo quando existem, por exemplo, soluções com menos solventes ou outros produtos agressivos tanto para o ambiente como para o homem. Penso que só com muita divulgação e formação é que se conseguirá inverter um pouco esta situação. No nosso centro de treino em Salvaterra, promovemos regularmente workshops práticos para donos de obra, empreiteiros, aplicadores, projetistas ou entidades reguladoras dando conta não só das principais novidades comerciais como também das alterações tecnológicas das nos- sas soluções cada vez mais eficientes e sustentáveis.

 

QUANTO A PROJETOS FUTUROS, QUE PRODUTOS OU SOLUÇÕES ESTÃO A DESENVOLVER?

Com a entrada em funcionamento de uma fábrica de resinas em Espanha (pertencente à MC Bauchemie) ainda este ano, vamos conseguir obter mais e melhores produtos para satisfazer ainda mais rápido as necessidades dos nossos clientes. Será seguramente um passo na afirmação da MC Bauchemie Portugal neste segmento.

Também os nossos adjuvantes para betão têm conseguido resultados brilhantes, fruto do trabalho desenvolvido no nosso laboratório, combinando o nosso conhecimento local com as melhores matérias-primas, assim como toda a nossa gama de produtos de cosmética para betão.

»

MC-Bauchemie Portugal é membro da APCMC
© MC-Bauchemie 2020
abs 123 abs 123 abs 123 abs 123 abs 123 abs 123 abs 123